A influência dos pais nos tenistas

Na postagem deste mês vamos conversar sobre a influência que os pais exercem sobre os tenistas.

Desde a vida intrauterina do bebê, a aceitação da gravidez, as expectativas dos pais para o seu nascimento e todos os fatores físicos e emocionais que participam desse processo já influenciam no bebê, bem como toda a formação global deste possível tenista.

Leia também: Coluna Edu Oncins: Os pais de tenistas

O tipo de educação, pensamentos, princípios que esse tenista recebe dos pais, sejam eles autoritários, democráticos ou liberais interferem nas características de personalidade, no comportamento e como consequência nos treinamentos e torneios, este podendo ser favorável ou desfavorável na sua performance, como por exemplo, um tenista confiante em si mesmo (autoconfiança), alcançando positivamente um dos fatores que participa do perfil psicológico ideal de um tenista de sucesso, por outro lado, um tenista inseguro, que pode ter medo das bolas do jogo ou até mesmo de ganhar uma partida e de obter sucesso (Nikefobia).

Diante, destas reflexões, talvez vocês estejam se perguntado: Como devo proceder com o meu filho que joga tênis? Como posso ajudá-lo em suas dificuldades? Onde talvez eu, pai ou mãe, esteja errando?

Eu me lembro de um tenista que atendi há alguns anos atrás e o pai era muito nervoso, ao ponto de levar uma viagem inteira de 3 horas ou mais reclamando intensamente para o seu filho sobre a sua performance no torneio e em quase todos os torneios em que o filho não tinha o desempenho que o pai esperava, isso acontecia.

O tenista também se irritava com situações em que não ocorria da forma como ele gostaria. O pai me dizia: “Luciana, eu sei que estou errado e não estou agindo bem para o meu filho, mas não consigo me controlar”.

A minha resposta para ele foi: “posso ajudar o seu filho e te orientar, mas talvez você precise de ajuda”. Para o tenista, respondi: “aprenda a lidar com o seu pai e vou te ajudar, porque mesmo dessa forma em como ele se comporta, ele te ama e tem as suas dificuldades, mas você pode aprender a lidar com isso porque irá enfrentar muitos “pais” que querem tirar o seu controle na quadra”.

Um forte abraço e até a próxima postagem!

Ms. Luciana B. Meireles – Especialista em Alta Performance – Psicóloga do Esporte e Clínica

Close
Portal Edu Oncins © Todos os direitos reservados
Close
%d blogueiros gostam disto: