Australian Open 2021: Análises e expectativas

Na edição do Aberto da Austrália ‘bolha’ 2021, ainda estou na expectativa da reação de alguns jogadores nas primeiras rodadas

A grande maioria dos favoritos mostraram que estão com muita fome de bola e vontade de vencer. 

Está sendo muito interessante a adaptação dessa momentânea realidade pelos jogadores. Nas redes sociais vários postaram seus treinos de quarentena, muitas vezes no próprio quarto do hotel.

Com exercícios físicos funcionais, paredões nas janelas com direito a marcação simulando a rede da quadra, malabarismos com bola e raquete a diversão está garantida. O amor de todos pelo esporte e a ansiedade para jogar estavam evidentes.

Confira abaixo as aventuras de Cuevas nos 14 dias trancado no quarto:

Confira também:

+ Acesse o canal Edu Oncins, veja dicas exclusivas e jogue melhor/

+ Escute o último Edu Oncins Tennis Cast!

Penso que também esse tempo tem servido muito para trabalharem a parte mental, pois o tempo para contemplação foi gigante. Sempre existe tempo para algum treino específico, já que um jogador profissional, não é feito somente nos treinos de quadra.

Minha visão é que essa situação de quarentena talvez fosse bem estimulante para uns com toda a expectativa, ou ameaçador para outros pela falta de ritmo.

O que vimos até agora

Djokovic, Nadal, Thiem, Wawrinka, Kyrgios, Medvedev, Tsitsipas, Rublev, Carreño Busta, sendo arrasadores em suas primeiras rodadas.

Zverev e Schwartzman também avançaram e o destaque para o melhor jogo do torneio até agora entre Shapovalov e Sinner, com o canadense vencendo duríssimo no quinto set.

Um super destaque para o brasileiro Thiago Monteiro que vem forte nesse ano vencendo sua primeira rodada contra o russo Martin em 3 sets a 0 e jogando muito. Enfrenta um osso duríssimo, o russo Andrey Rublev que vem de excelente ano de 2020 e recém campeão da ATP Cup pela Rússia.

Leia mais:

+ Autoconfiança e a formulação de objetivos no tênis

+ Confira dicas psicológicas e cresça de desempenho no tênis!

Chave feminina

No feminino a decepção ficou por conta da alemã Angelique Kerber, que perdeu fácil na primeira rodada para a americana Pera. E também Vika Azarenka perdendo para Pegula em 2 sets a 0.

As favoritas

Barty, Pliskova, Osaka, Serena, Kvitova, Halep, Svitolina, Swiatek (estou ansioso para ver como a polonesa jogará ao longo desse Grand Slam), Sabalenka (voltando ao seu melhor tênis) já começaram com tudo e venceram.

Muito feliz de ver Bianca Andreescu, canadense de 20 anos de idade campeã do US Open e Indian Wells 2019, voltando às vitórias.

Penso que ainda poderemos ver bolhas estourando nessa primeira semana.

Vamos acompanhando esse primeiro Grand Slam da temporada e estou muito feliz de poder assistir novamente o nosso amado esporte.

Grande abraço e até a próxima!

Close
Portal Edu Oncins © Todos os direitos reservados
Close
%d blogueiros gostam disto: