Medo e o poder da decisão no tênis

Saiba como o medo pode afetar o diretamente o seu jogo

Quando falamos do medo, relacionamos com uma das emoções primárias utilizada também para nos defender de situações de perigo na vida. Mas quando o excesso de medo predomina no jogo, o seu poder de decisão precisa se fazer presente.

Você pode decidir por enfrentá-lo e desafiá-lo ou se entregar para o medo, como se ele tivesse o controle sobre você.

Confira também:

+ Quer aprender a jogar melhor mas não sabe como? Acesse o canal Edu Oncins e veja dicas exclusivas

+ Escute o último Edu Oncins Tennis Cast!

Aquele momento em que a partir da análise da jogada, percebe-se que realmente é preciso atacar e definir o ponto ou o game, mas o medo de ter a ação se apresenta, é um exemplo que você já deve ter vivido.

Se a maior parte das vezes a sua decisão foi ficar e não enfrentar o seu medo, a probabilidade de derrota foi maior, afinal o seu adversário também está te analisando o tempo todo e esperando VOCÊ apresentar os seus pontos fracos para que ele se utilize dessas observações para te vencer!

Foto; Divulgação/ATP Tour

Por outro lado, se a sua decisão foi enfrentar o seu medo, desafiá-lo e controlá-lo, pode ser que as suas primeiras jogadas não tenham sido de excelência, afinal o braço poderia estar meio travado, “duro” e as pernas moles, como sintomas do medo que levam a ansiedade.

Leia mais:

+ Confira mais dicas psicológicas e cresça de desempenho no tênis!

+ A força dos hábitos corretos no tênis

No entanto, quando você se acostuma a enfrentar e assumir o poder de decisão de controlar, a sua mente e o seu corpo se acostumam de tal forma que passam a ser situações rotineiras no tênis.

Assim, você nem percebe que os seus braços e as suas pernas já não estão mais te atrapalhando e a partir daí a performance começa a melhorar, potencializado pelo seu poder de decisão dominar o seu medo!

Foto; Divulgação/ATP Tour

Diante da análise acima, eu pergunto a você, tenista, quais são os seus medos? Quais está assumindo? Quais ainda não está admitindo para si mesmo? Quantos foram os jogos perdidos por não ter desafiado os seus medos?

Quais as vantagens que você pode ter na vida e no tênis dominando os seus medos? Mas atenção, um pouco de “friozinho” na barriga é valido para a sua performance e o prazer em jogar.

Um forte abraço e até a próxima postagem!

Ms. Luciana B. Meireles – Especialista em Alta Performance – Psicóloga do Esporte e Clínica.

Close
Portal Edu Oncins © Todos os direitos reservados
Close
%d blogueiros gostam disto: