Ansiedade do tenista

Na matéria de hoje vamos conversar sobre: ansiedade do tenista, mas antes de conversarmos sobre isso, vamos entender o que é ansiedade. É uma sensação ligada ao sistema límbico, que é o responsável pelas emoções no cérebro. Quando nos sentimos ameaçados por alguma coisa, por exemplo, quando você precisa tomar uma decisão importante no jogo e está no net point ou match point e surge aquela sensação com medo de perder ou o desejo de querer muito ganhar aquela jogada ou o jogo, isto é ansiedade. 

Entretanto, tem-se a ideia de que ansiedade é uma sensação muito ruim, mas ao contrário do que se pensa, ela nos ajuda a realizar a tarefa e nos movimentar, como por exemplo, jogar e sentir aquele “friozinho” na barriga antes de entrar na quadra. Por isso, ela é positiva e torna-se negativa, quando o nível de ativação da ansiedade é elevado e leva a uma série de sintomas cognitivos (ansiedade cognitiva) e somáticos para o seu corpo (ansiedade somática). 

Leia também:
+ Entenda os momentos importantes num jogo de tênis

E como conseguimos identificar a ansiedade? Primeiro, preste atenção aos seus pensamentos (“será que eu vou acertar essa bola?”), acontece uma mistura de pensamentos e vem um monte deles ao mesmo tempo (“o que eu faço agora?”; “qual a melhor jogada?”; “já tentei isso”), o pensamento acelera, surgem os excessos de preocupações (“e se eu errar?”) e os pensamentos negativos (“não vou ganhar esse jogo”).

O tenista não sabe qual decisão tomar e vem uma mistura de jogadas e alternativas do que fazer, o que dificulta a tomada de decisão e diminui o nível de concentração, a chamada ansiedade cognitiva. Segundo, fique atento ao seu corpo, o tenista começa a suar, transpirar, a boca fica seca, o batimento cardíaco acelera, os músculos ficam tensos, podem ocorrer alterações no sono e na alimentação nas vésperas do torneio e até vontade de vomitar.

Esses são os sintomas ligados ao nosso corpo, os fisiológicos, a ansiedade somática, ou seja, os pensamentos levando você, tenista, a ter sintomas que prejudicam a sua performance.

E você? Já sentiu essa ansiedade? O que você faz para controlar? 

Na próxima postagem vamos conversar sobre algumas dicas que podem te ajudar a lidar com a ansiedade. 

Um forte abraço e até a próxima postagem!

Ms. Luciana B. Meireles
Especialista em Alta Performance
Psicóloga do Esporte e Clínica.

Close
Portal Edu Oncins © Todos os direitos reservados
Close