Fabio Fognini: a consagração de um talento em Monte-Carlo

O italiano Fabio Fognini premiou a todos vencendo o glamouroso torneio em Mônaco. Sem dúvida, um presente para o tênis mundial observar o amadurecimento de um jogador desse naipe. Talvez seu casamento com a bela Flavia Pennetta e o nascimento do filho tenham lhe ajudado.

Sempre esteve obvio o gigante talento do italiano. Antigamente muito polêmico e temperamental, discutia, quebrava raquetes, blasfemava e era advertido, inclusive muitas vezes pagando altas multas.

Um jogador completamente diferente já vinha despontando há algum tempo, mostrando esforço e muito trabalho para dominar seu temperamento e poder aproveitar o talento que tem de sobra. Demonstrou foco, constância e muita inteligência durante seus jogos, vencendo grandes nomes. Jogos marcantes contra Alexander Zverev, Borna Coric, Rafael Nadal e Dusan Lajiovic.

Fabio Fognini ATP Campeão Masters Monte-Carlo 2019
Foto: Divulgação/Masters de Monte-Carlo

Contra Nadal, os comentários foram que Nadal jogou muito mal. Ok, Rafa não estava num grande dia, mas Fognini foi perfeito. Conseguiu neutralizar as batidas de Nadal desde o início do jogo. Aproveitou muito bem as bolas batidas pelo Touro Miura e usou a mão que Deus lhe deu, jogando com muita profundidade o tempo todo, não dando chances para que Rafa atacasse. Bem ao contrário, Fabio manteve um incrível controle nas trocas de bolas profundas, movimentando Nadal até que surgisse a oportunidade para tirar o tempo de bola do espanhol, seja movimentando de um lado para outro, provocando Rafa a ir para a bola, ou desferindo incríveis e precisos winners de ambos os lados.

Mas o que me encantou foi seu controle emocional durante toda a partida. Manteve-se estável ganhando ou perdendo os pontos, atitude sempre positiva, claramente resultado de um trabalho em conjunto com seu time, apoio e suporte de sua esposa. Esteve emocionalmente estável, para um jogador que tem tantas cartas na manga que antigamente se perdia durante o jogo, não encontrando caminhos para a vitória.

Vejam que praticamente estou escrevendo sobre o jogo contra Nadal. Na final contra Lajovic, cumpriu a tabela. Longe de ser um grande jogo, com os dois demonstrando cansaço, inclusive com Fognini sendo atendido pelo trainner durante a partida, com problemas no pé e perna. O sérvio demonstrou nervosismo durante a maior final que chegou em sua vida, ajudou o italiano, não aproveitando as várias janelas que Fognini lhe proporcionou errando bolas fáceis em momentos que poderia ter complicado e muito o jogo.

 

Fabio Fognini Campeão ATP Masters Monte-Carlo 2019
Foto: Divulgação/Masters de Monte-Carlo

Para mim, a grande decepção do torneio foi mais uma vez Novak Djokovic, que insiste em brigar com sua confiança, cavando um buraco cada vez mais fundo. Com muitos pontos a defender esse ano, espero que possa ver o gigante Djoko despertar de seu pesadelo novamente e nos brindar com seu melhor tênis e concentração inabalável.

A mesma concentração que desejo ao talentoso Fabio Fognini, que ele mantenha e nos demonstre a incrível capacidade de jogar tão fácil nosso amado esporte.

Forza Fabio!!!!!

Close
Portal Edu Oncins © Todos os direitos reservados
Close
%d blogueiros gostam disto: