Djokovic avassalador no Australian Open 2019

Incrível Australian Open de Novak Djokovic.

Nole veio até a final administrando seu jogo e energia, dosando a receita para cada jogo. Me impressionou sua tranquilidade em todo o torneio, muito consciente de suas possibilidades e jogando o necessário até a decisão. Pensei desde o inicio do torneio, e comentei que Djoko ganharia esse Grand Slam, mesmo com o Touro Miúra jogando com a intensidade que apresentou em toda a jornada. Nadal mesmo vindo de lesão conseguindo chegar novamente a uma final de Slam. Mas não esperava que fosse dessa maneira avassaladora.

Observei Nole acelerar em alguns jogos anteriores diversos pontos e me impressionei com a confiança que demonstrou acelerando incrível na subida em diversas jogadas durante o torneio. Ao mesmo tempo vi Rafael Nadal até a final, passar o rodo em todos rapidamente, inclusive com o promissor jovem grego Tsitsipas. Aliás, fiquem de olho no grego este ano. Jogador talentosíssimo, inteligente e um esponja (aprende rapidamente suas lições).

Mas a final assustou. Djoko começou de forma contundente, pegando tudo na subida, acelerando muito rápido e movimentando Nadal de um lado a outro, não deixando o touro ter uma sequência de 2 bolas do mesmo lado. Aliás, Djoko é o único jogador que fica à vontade, e gosta das bolas carregadas de spin de Rafa. Ficou claro que Nole pegou Nadal de calças curtas, deixando o espanhol perdido na quadra, sem saber como reagir. Além da agressividade, suas bolas estavam fundas e qualquer bola um pouco mais curta, que Rafa deixava, ele desferia winners carregado de precisão e confiança. Seu nível mental estava nas nuvens.

Uma coisa que me chamou a atenção também, foi a agressividade que disparou seus forehands, machucando bem mais, tanto com bolas fundas como anguladas, fazendo diversos winners. Sacou muito bem e preciso, variando bastante, possibilitando colocar em xeque Nadal, logo em seguida na segunda bola.

Demonstrou isso muito contundente, para fechar o segundo set:
1 ponto: saque e winner de direita
2 ponto: ace
3 ponto: ace
4 ponto: ace e fecha em 6/2.

Inicio do terceiro set, Rafa tenta slice, drop shot, e consegue com esforço fazer o primeiro game. Parecia que seria diferente, mas não foi. Nole faz seu serviço fácil e quebra Nadal novamente sacando com break. O touro teve 1 oportunidade com um break point no saque de Djoko no 3/2, Djoko sacando, mas o sérvio fechou as portas, fazendo seu saque 4/2. Foi a única oportunidade que Nadal teve para quebrar Djokovic. Novak  mantendo a vantagem de 1 break, quebra novamente Nadal no 3/5, levando seu sétimo título para casa e assumindo o trono do Aberto da Austrália, como o maior vencedor do torneio.

Djokovic demonstrou novo nível a ser alcançado pelos outros jogadores. Merecidíssimo triunfo do tenista de Belgrado e muito por vir este ano de 2019. Até a próxima.

Close
Portal Edu Oncins © Todos os direitos reservados
Close
%d blogueiros gostam disto: