Federer brilha na Basileia e fica perto do 100º título

Na última semana aconteceram dois grandes torneios na Basileia e em Viena, e tivemos dois resultados importantes para os jogadores e para o tênis.

O Mestre dos Magos Roger Federer venceu pela nona vez o torneio da Basileia, estando em casa. Bateu a revelação do torneio Marius Copil, romeno, número 91 do mundo. Federer sem apresentar seu melhor, oscilou durante o torneio mostrando várias vezes fragilidade em seu backhand e também cometendo várias duplas faltas.

O suíço não vem apresentando o mesmo tênis que demonstrou em suas melhores fases. Jogou a final com Copil, novato em finais desse porte. O romeno tem um saque gigante, chegando a 243 quilômetros por hora, um foguete. Jogou incrivelmente a semana batendo Zverev nas semifinais.

Federer contou com a falta de experiência de Copil, e mesmo não apresentando seu melhor tênis, o Mestre dos Magos aproveitou os momentos importantes e conquistou o torneio em casa. Com certeza virá confiante essa semana para o Paris indoor.

Anderson conquista Viena e garante vaga no ATP Finals

Já em Viena, a boa fase do sul-africano Kevin Anderson se consolida com sua primeira grande conquista em um torneio relevante. A decepção ficou por conta de Dominic Thiem, de quem se esperava muito jogando em casa e com o público a seu favor. Perdeu para Nishikori, com o japonês jogando um tênis de altíssimo nível. Anderson cada vez mais sólido e confiante, sacou muito na final contra Nishikori, com o japonês não apresentando seu melhor tênis como em outros jogos.

Sempre comento como me impressiona com todo aquele tamanho a desenvoltura de Kevin jogando no fundo da quadra. Bateu Nishikori com saques precisos, dando muitos aces em horas importantes, também sendo muito consistente tanto em seu backhand, nas trocas de bola, bem como atacando com seu poderoso forehand insideout. Muito merecida a vitória de Kevin Anderson que entra forte para o Paris Indoor nessa semana que inicia.

Falando em início de semana, fiquei muito feliz com a volta do Touro Miúra Rafael Nadal, torcendo que ele esteja 100% da lesão podendo dar seu melhor em quadra. Teremos também Novak Djokovic que está carregado de confiança com 5 torneios vencidos consecutivos e babando para acabar o ano como número 1 do mundo.

Fed também vem da vitória na Basileia e espero que volte ao seu melhor tênis, sem dar as osciladas que deu semana que passou. O torneio Masters 1000 de Paris estará muito mais duro e oscilar definitivamente não é uma opção.

Vamos acompanhar Paris na reta para a grande festa do ATP Finals!

Os comentários estão encerrados.

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: