Aprenda a dosar sua energia motivacional e maximize seus resultados

A situação mais comum que vemos em muitos torneios amadores e juvenis, principalmente, são jogadores gritando em altos brandos o famoso Vamosssssss.

É tanto grito que a pessoa chega a ficar até vermelha, de tanto sangue que sobe para a cabeça, rss.

Mas será que isso é realmente necessário?

A automotivação é importantíssima durante o jogo, desde que dosada nos momentos certos.

A chavinha da energia extra deve ser ligada no momento adequado, bem como a de descanso também.

Gritar o tempo todo em todos os pontos acarretará um desgaste físico, emocional e mental gigante.

A automotivação deve estar atrelada a uma estratégia.

Observem os grandes jogadores como tem seus momentos de automotivação e descanso.

Algumas dicas estratégicas de automotivação e descanso.

Automotivação: 

As manifestações mais comuns são o punho fechado no ar, bater e movimentar as pernas antes do início de um ponto, o famoso vamossss de incentivo.

Alguns exemplos:

–  Início de jogo no primeiro game, muito importante. Movimente muito as pernas antes da resposta de saques ou se estiver sacando, pequenos saltos buscando estar lépido. Isso ajudará muito a chamar a energia positiva e queimar a adrenalina inicial, além da importância de vencer o primeiro game, especialmente se estiver sacando. 

– Quando tiver um break point no saque de seu adversário, cerre os punhos no ar ou um sonoro vamosssss, colocando pressão psicológica e demonstrando que estará pronto para dar tudo no ponto.

– Em um ponto muito disputado, alimentando positivamente sua confiança.

– Fechando o primeiro set.

Momentos de desligar a ‘chavinha

– Logo que se encerra um game, respire indo ao fundo da quadra, reflita e crie um pequeno momento de relaxamento, logo antes de ligar a chavinha novamente. Essa atitude o ajudará a aprender a dosar melhor sua energia e quanto mais exercitar, sentirá os benefícios.

– No caminhar no fundo da quadra de um ponto a outro, treine andar devagar, respirando e se preparando para o próximo ponto. Pense nesse momento como está no game, o que vem fazendo e se é o momento para manter sua estratégia de jogo ou talvez fazer algo diferente. O oxigênio no cérebro é fundamental, principalmente num jogo duro e cansativo. Essa atitude o ajudará a baixar a ansiedade, reduzindo os erros não forçados.

– Na troca de lados, caminhe devagar, sente, respire, feche seus olhos por um momento colocando sua atenção na respiração. Essa atitude fará com que você crie um pequeno espaço interno, descansando sua cabeça da tensão do jogo, renovando sua energia. Num jogo longo e disputado esses pequenos intervalos somados, lhe trarão incríveis benefícios no jogo.

Como tudo no tênis, é uma questão de treino, e quanto mais você colocar em prática, se tornará um hábito saudável e equilibrado. 

Dessa maneira a mágica de dosar sua energia entre ligar e desligar a chavinha, acontecerá cada vez mais rápida e sincronizada com a importância dos seus momentos.

Bons treinos e jogos.

Até a próxima.

Close
Portal Edu Oncins © Todos os direitos reservados
Close